Phillies at Braves – Série Completa

Mais uma rodada de final de semana enfrentando os Braves. E se na semana passada perdemos por 2 x 1 a série no Citizens Bank Park, seria a nossa hora de dar o troco no Turner Field.

Jogo 1 – 13/5/2011 Phillies 5 x 4 Braves (Cole Hamels vs Brandon Beachy)

Começamos muito bem. E não me refiro simplesmente ao primeiro jogo, mas ao real início de toda a nossa luta contra os bravos rivais do leste. A série no Turner Field começou com rebatidas válidas de Shane Victorino e Plácido Polanco sendo ARREMATADAS por um Home-Run de Ryan Howard.

Bang. 3 x 0.

Isso é o famoso suporte de corridas que tanto os nossos aces estão precisando. E quando isso ocorre, não falha.

Mas o jogo não foi nada, nada fácil. Conseguindo anotar 4 corridas em Cole Hamels (IP 8, H 8, R 4, SO 7, ERA 3.19), os Braves se mantiveram na frente do placar até a 7 entrada, quando Shane Victorino empatou tudo com uma rebatida dupla pra mandar Rollins pro Home.

O jogo acabou resolvido na 8 com, quem diria, Raul Ibanez impulsionando Ryan Howard para a vitória.

Cole Hamels não jogou o seu fino Baseball. Na verdade, a vitória foi muito merecida pelo Bullpen que jogou sem permitir passar nada: apenas 2 rebatidas. Worley, Bastardo, Madson, Stutes, todos muito bem. Romero que foi mal, cedendo dois walks e uma rebatida. O único pitcher dos Phillies a não marcar um strikeout no jogo.

Bastardo anotou um Win e Madson o save, levando os Phillies a ser o primeiro time a conseguir 25 vitórias em 2011.

Jogo 2 – 14/5/2011 Phillies 3 x 5 Braves (Joe Blanton x Jar Jurrjens)

Tinha tudo para ser uma barbada. Jar Jurrjens é quase o matados de Phillies. Seu ERA contra a Philadelphia é de apenas 2.45 em onze jogos. Do outro lado, o velho Joe.

Joe não é um Pitcher qualquer. Não é um ace, mas tem o seu valor como um bom starting pitcher. Mas o certo é que justo nesse ano, onde ele se colocou entre tantas estrelas do montinho, Joe vai de mal a pior. E pra completar, JC Romero que jogou mal na sexta feira, jogou pior ainda no sábado.

Veja: Joe Blanton 5.0 IP, 5H, 2R, 1BB e 5 SO. Não tão mal, mas as duas corridas foram justo em dois HRs, nas suas duas primeiras bolas do jogo! Imperdoável receber 2 HRs seguidos, ainda mais na primeira entrada. É matar com o espírito de jogo do time antes mesmo de entrar no ballpark!

JC Romero, pelas barbas do profeta, não conseguiu fazer o seu simples papel de reliever e deixou Uggla e Freeman em bases. Kyle Kendrick não segurou a barra e pimba: mais duas corridas. Sem contar que Freeman correu junto de Ross em uma rebatida de Martin Prado para deixar o jogo em um 5 x 1.

As corridas dos Phillies vieram na 6 e 8, mas não o suficiente para limpar as lambanças dos pitchers.

Joe Blanton vem de lesão e disse se sentir melhor do que na última partida. Só espero que na quinta contra os Rockies a desculpa seja diferente.

Jogo 3 – 15/5/2011 Phillies 2 x 3 Braves (Halladay x Hudson)

Quando o ataque não funciona, a defesa não pode cometer erros. Halladay já foi perfeito uma vez e sabe do quanto o time precisa de seus arremessos espetaculares nos cantinhos da zona de strike.

Halladay já é o pitcher com maior quantidade de IP, mesmo tendo jogado em 9 jogos contra 10 de alguns outros. São 4 complete games, com dois de vantagens para os outros 6 melhores colocados no quesito em toda a Major League.

Doc veio para o montinho para outra das suas noites. 7 Strikeouts e mais um CG. O problema foi no fim. Em um jogo muito disputado, o perfeito errou.

Cedendo corridas no 4 e no 6, Halladay vinha segurando as pontas enquanto os Phillies marcaram duas corridas com o Home Run de Mayberry Jr (+Polanco) até que cedeu um HR para Dan Uggla no 8.

Greg Kimbrel não perdoou e perdemos mais uma série para os Braves.

No final das série, continuamos como entramos: Líderes com folga na divisão e o maior número de vitórias da liga. Problemas crônicos no ataque e um Ben Francisco sem rebater.

Mayberry vai ganhar um lugar no lineup em breve. Charlie Manuel o testou no Right Field. Seus constantes Home-Runs nas horas decisivas fazem um bem enorme pro time.

Domonic Brown e Chase Utley precisam voltar.

Raul Ibanez está mesmo no jogo.

E  os Phillies precisam marcar.

Agora vem a série matadora: Cardinals, Rockies, Rangers e Reds.

Go Phillies!

0 Responses to “Phillies at Braves – Série Completa”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Agenda

maio 2011
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

RSS ESPN Baseball

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Twitter do Jack


%d blogueiros gostam disto: