Phillies 4 vs 6 Astros

13/09/2012 (Houston) – Com a dolorida derrota para os Astros, time de pior campanha disparado na MLB (46-98, contra 56-87 dos Chi Cubs) voltamos aos .500 e com a vitoria dos Cardinals sobre os Dodgers, voltamos.aos 4.0 WCGB.

Vencer os Astros é uma obrigação. Ter uma série de 7 jogos contra eles nesta altura deveria ser uma benção. Mas com uma atuação pífia, a série no Texas pode até mesmo por fim aos nossos sonhos de Outubro. Após os Astros enfrentaremos Mets, Braves, Nationals, Marlins e Nationals novamente. Adversarios duríssimos que se esforçarão o máximo para não nos deixar chegar a mais uma NLDS.

Tyler Cloyd foi mal. Suas bolas lentas surtiram efeito até a 4 entrada. Ele havia recebido apenas 2 hits, ambos na terceira entrada e ainda escapado de um rally, já que após ceder um hit by pitch se viu de bases cheias. Mas se ele teve habilidade e maturidade para resolver a situação na 3 Entrada, ele não teve o mesmo sucesso na 4 entrada. Foram 2 singles com nenhum eliminado e um fulminante home run de 3 corridas para returar Cloyd do jogo com apenas 3.0 IP, 5 H e 65 arremessos. Com,o jogo em 4-3 o bullpen teria muito trabalho pela frente.

O ataque dos Phillies começou muito bem. O double de Erik Kratz impulsionou Domonic Brown para abrir o placar na 2 entrada. Na terceira, aumentamos a liderança para 4-0 após rebatidas de Pierre e Utley seguidas por um sac-fly de Howard (Pierre Marcou), single de Mayberry (Utley marcou) e outro single de Frandsen (Mayberry marcou). Só que ficou por aí. Além de deixarmos corredores na terceira base sem converter corrisas (Utley, 5th inning e Rollins, após roubar a 3rd base na batida de carteira #400 da carreira na 8 entrada), ainda disperdiçamos uma 6 enteada com as bases lotadas!

Ao ver o nosso RISP 2-9 lamentei muito termos dispensado Jim Thome para correr atras do titulo. Ter um dos maiores HR hitters da historia no time poderia ser uma vantagem numa situação crítica.

O bilpen foi bem. Rosemberg foi excelente com 2 IP, 1 H, 2 SO. Lindblom e Bastardo atuaram por 1 entrada cada, sem ceder corridas. Só que o magico Aumont não conseguiu segurar a pressão e cedeu um infantil Walk e um imperdoavel HBP para deixar dois em base com um eliminado. Diekman entrou no jogo cedendo um double que limpou as bases e um single que foi a pá de cal no caixão. 6-4.

Hamels, Kendrick e Halladay ainda jogarão na série. Precisamos mais do que nunca dessas vitórias.

W: Wright (1-2)
L: Aumont  (0-1)
S: Lopez (5)

0 Responses to “Phillies 4 vs 6 Astros”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Agenda

setembro 2012
S T Q Q S S D
« ago   fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

RSS ESPN Baseball

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Twitter do Jack


%d blogueiros gostam disto: